Descrição do produto

REPRODUÇÃO DE OBRA DE ARTE 

  • MOVIMENTO: realismo
  • Arista da obra: Winslow Homer (americano)

 

 

ARTE DIGITAL (simula técnica utilizada na arte tradicional / obra de arte multimídia)

    • Reprodução em alta definição com tinta pigmentada
    • Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.
    • Canvas (80% algodão + 20 % poliéster): tecido “flexível”, de aparência rústica.
    • Podem ser tencionados (esticados) em chassi de madeira, estrutura leve e prática: é pendurar na parede (adquira opção tela pronta para pendurar).
    • Podem receber moldura (adquira a opção tecido enrolado e procure seu moldureiro para escolher uma moldura que a valorize).

 

 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

DETALHES DA OBRA ORIGINAL:

Título da obra: Tynemouth Priory, England

Arista da obra: Winslow Homer (americano)

Ano da obra: 1881

Técnica original da obra: Aquarela transparente, com traços de aquarela opaca, reumidificação, borrões e toques de raspagem, sobre grafite, em papel grosso, de textura áspera e com textura rugosa (bordas superior e inferior aparadas)

Dimensões originais da obra: 262 x 505 mm

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA:  

Durante sua permanência em 1881-82 na Inglaterra, Homer se estabeleceu na pequena vila de pescadores de Cullercoats. Freqüentemente retratava pescadores na aldeia e nas áreas vizinhas, como em Tynemouth Priory, Inglaterra, em que uma mulher e dois pescadores ocupam um maçarico que está flutuando em águas agitadas ao longo da costa, e um pescador com roupas amarelas está ocupado puxando uma rede , presumivelmente preenchido com a captura do dia. Um castelo e um convento em ruínas que dominam a costa perto de Tynemouth são visíveis no fundo do lado direito; Homer teria visto essa visão diariamente de seu estúdio alugado com vista para o porto de Cullercoats. O uso do artista de lavagem cinza transparente para as ruínas faz com que pareçam fantasmagóricas e desoladas na neblina. No geral, este trabalho captura com sucesso uma sensação de brisa oceânica e ar salino úmido. (Museum of the Art Institute of Chicago)