Joachim Antonisz. Wtewael

The Battle between the Gods and the Giants – c.1608

Descrição do produto

REPRODUÇÃO DE OBRA DE ARTE 

  • MOVIMENTO:
  • Arista da obra: Joachim Antonisz. Wtewael (holandês)

 

ARTE DIGITAL (simula técnica utilizada na arte tradicional / obra de arte multimídia)

    • Reprodução em alta definição com tinta pigmentada
    • Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.
    • Canvas (80% algodão + 20 % poliéster): tecido “flexível”, de aparência rústica.
    • Podem ser tencionados (esticados) em chassi de madeira, estrutura leve e prática: é pendurar na parede (adquira opção tela pronta para pendurar).
    • Podem receber moldura (adquira a opção tecido enrolado e procure seu moldureiro para escolher uma moldura que a valorize).

 

 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

DETALHES DA OBRA ORIGINAL:

Título da obra: The Battle between the Gods and the Giants

Arista da obra: Joachim Antonisz. Wtewael (holandês)

Ano da obra: 1603–1613

Técnica original da obra: Óleo em cobre

Dimensões originais da obra: 15,6 × 20,3 cm

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA:  

O tema da vitória dos deuses do Olimpo sobre a antiga raça de gigantes deu a Joachim Wtewael a oportunidade de representar poses atléticas exageradas e contrastes impressionantes de espaço e luz. Das nuvens, os deuses do Olimpo exercem seus atributos como armas: Júpiter lança raios; Netuno brande seu tritão; e Mercúrio usa seu caduceu como lança. A figura de capacete à direita é Minerva, a deusa da sabedoria e da guerra. O efeito gemelar da pintura resulta do uso de um suporte de cobre e de sua pequena escala. A exibição autoconsciente de suas habilidades no artista era uma marca registrada do estilo internacional conhecido como maneirismo, que estava na moda na Holanda por volta de 1600.  (Museum of the Art Institute of Chicago)