Descrição do produto

REPRODUÇÃO DE OBRA DE ARTE 

  • MOVIMENTO: pós – impressionista
  • Arista da obra: Vincent van Gogh  (holandês)

 

ARTE DIGITAL (simula técnica utilizada na arte tradicional / obra de arte multimídia)

    • Reprodução em alta definição com tinta pigmentada
    • Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.
    • Canvas (80% algodão + 20 % poliéster): tecido “flexível”, de aparência rústica.
    • Podem ser tencionados (esticados) em chassi de madeira, estrutura leve e prática: é pendurar na parede (adquira opção tela pronta para pendurar).
    • Podem receber moldura (adquira a opção tecido enrolado e procure seu moldureiro para escolher uma moldura que a valorize).

 

 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

DETALHES DA OBRA ORIGINAL:

Título da obra: Sunflowers (Girassóis)

Arista da obra: Vincent van Gogh  (holandês)

Ano da obra: 1889

Técnica original da obra: Óleo sobre tela

Dimensões originais da obra: 95 cm x 73 cm

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA:  

As pinturas de girassóis de Van Gogh estão entre as mais famosas. Ele os fez em Arles, no sul da França, em 1888 e 1889. Vincent pintou um total de cinco grandes telas com girassóis em um vaso, com três tons de amarelo “e nada mais”. Desta forma, ele demonstrou que era possível criar uma imagem com inúmeras variações de uma única cor, sem qualquer perda de eloquência. As pinturas de girassol tinham um significado especial para Van Gogh: elas comunicavam “gratidão”, ele escreveu. Pendurou os dois primeiros na sala de seu amigo, o pintor Paul Gauguin, que veio morar com ele por um tempo na Casa Amarela. Gauguin ficou impressionado com os girassóis, que ele achava “completamente Vincent”. Van Gogh já havia pintado uma nova versão durante a estada de seu amigo e Gauguin mais tarde pediu um como presente, que Vincent estava relutante em lhe dar. Mais tarde, ele produziu duas cópias soltas, no entanto, uma das quais está agora no Museu Van Gogh. (Van Gogh Museum, Amsterdam (Vincent Van Gogh Foundation))