Descrição do produto

REPRODUÇÃO DE OBRA DE ARTE 

  • MOVIMENTO: realismo
  • Arista da obra: Winslow Homer (americano)

 

 

ARTE DIGITAL (simula técnica utilizada na arte tradicional / obra de arte multimídia)

    • Reprodução em alta definição com tinta pigmentada
    • Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.
    • Canvas (80% algodão + 20 % poliéster): tecido “flexível”, de aparência rústica.
    • Podem ser tencionados (esticados) em chassi de madeira, estrutura leve e prática: é pendurar na parede (adquira opção tela pronta para pendurar).
    • Podem receber moldura (adquira a opção tecido enrolado e procure seu moldureiro para escolher uma moldura que a valorize).

 

 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

DETALHES DA OBRA ORIGINAL:

Título da obra: After the Hurricane, Bahamas (Depois do furacão, Bahamas)

Arista da obra: Winslow Homer (americano)

Ano da obra: 1899

Técnica original da obra: Aquarela transparente, com toques de aquarela opaca, reumidificação, blotting e raspagem, sobre grafite, em moderadamente grossa, moderadamente texturizada (textura de sarja no verso), marfim teceu papel

Dimensões originais da obra: 380 × 543 mm

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA:  

Reverenciado como mestre da aquarela dos EUA, Winslow Homer não começou a trabalhar no meio até a idade madura de trinta e sete anos. Como aquarelista, Homer adaptou sua prática aos diversos locais que visitou. Suas estadas nos trópicos o levaram para as Bahamas, Bermuda, Cuba e vários locais na Flórida. Em cada novo ambiente, o artista autodidata empurrou o meio flexível em novas direções à medida que aplicava sua compreensão cada vez mais sofisticada de cor e luz a um novo conjunto de condições atmosféricas. Esta aquarela convincente foi pintada durante a segunda viagem de Homer às Bahamas no inverno de 1898-99. Retratando um homem sem sorte lavado na praia, cercado por fragmentos de seu artesanato quebrado, o trabalho demonstra o fascínio do artista com as mudanças climáticas rápidas e perigosas da região. Aqui a luz do sol brilha gradualmente através de nuvens de tempestade. Homer empregava pigmentos vermelhos e amarelos opacos e densamente aplicados para as algas marinhas jogadas na areia, criando um contraste com as finas lavagens e pinceladas fluidas que ele usava para fazer as ondas recuarem. (Museum of the Art Institute of Chicago)