Mostrando todos os 6 resultados

  • A família Monet em seu jardim em Argenteuil – 1874

    HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA: Em julho e agosto de 1874, Manet passou férias na casa de sua família em Gennevilliers, do outro lado do rio Sena, em Monet, em Argenteuil. Os dois pintores se viam muitas vezes naquele verão e, em várias ocasiões, eles se juntaram a Renoir. Enquanto Manet pintava essa imagem de Monet com sua esposa Camille e seu filho Jean, Monet pintou Manet em seu cavalete (local desconhecido). Renoir, que chegou no momento em que Manet começava a trabalhar, pegou emprestado tinta, pincéis e telas, posicionou-se ao lado de Manet e pintou Madame Monet e seu filho (National Gallery of Art, Washington, DC).

     

    Artista da obra: Edouard Manet (francês)

    Data da obra: 1874 

    Técnica: óleo sobre tela

    Dimensões originais da obra: 61 x 99,7 cm

  • Boating – 1874

    HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA: Manet teve um verão em Gennevilliers em 1874, muitas vezes passando tempo com Monet e Renoir do outro lado do Sena em Argenteuil, onde Boating foi pintado. Além de adotar o toque mais leve e a paleta de seus jovens colegas impressionistas, Manet explora os amplos planos de cor e as fortes diagonais das estampas japonesas para dar forma inimitável a essa cena de lazer ao ar livre. Acredita-se que Rodolphe Leenhoff, o cunhado do artista, posou para o marinheiro, mas a identidade da mulher é incerta. Mostrado no Salão de 1879, Boating foi considerado “a última palavra em pintura” por Mary Cassatt, que recomendou a aquisição para os colecionadores de Nova York Louisine e HO Havemeyer.  (National Gallery of Art, Washington, DC).

     

    Artista da obra: Edouard Manet (francês)

    Data da obra: 1874

    Técnica: óleo sobre tela

    Dimensões originais da obra: 97,2 x 130,2 cm

  • Jesus zombou dos soldados – 1865

    Reprodução em alta definição com tinta pigmentada   Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.   Tecido “flexível”, de aparência rústica, podem ser tencionados (esticados) em chassi de … Ler mais

  • Mulher em sua toalete – 1875/80

    Reprodução em alta definição com tinta pigmentada   Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas traduz a mesma aparência de uma tela de pintura com aspecto artístico.   Tecido “flexível”, de aparência rústica, podem ser tencionados (esticados) em chassi de … Ler mais

  • Peixe (natureza morta) – 1864

    REPRODUÇÃO DE OBRA DE ARTE  MOVIMENTO: IMPRESSIONISMO Arista da obra: Édouard Manet  (Francês)     ARTE DIGITAL (simula técnica utilizada na arte tradicional / obra de arte multimídia) Reprodução em alta definição com tinta pigmentada Impressão em altíssima qualidade em tecido canvas … Ler mais

  • The Brioche – 1870

    HISTÓRIA E CURIOSIDADES DA OBRA:  Manet supostamente chamou a vida ainda a “pedra de toque do pintor”. De 1862 a 1870 executou várias cenas de mesa em grande escala de peixes e frutas, das quais esta é a última e mais elaborada. Foi inspirado pela doação para o Louvre de uma pintura de um brioche de Jean Siméon Chardin, o mestre francês da vida-morta do século XVIII. Como Chardin, Manet cercava o pão amanteigado com coisas para estimular os sentidos – um guardanapo branco brilhante, pêssegos macios, ameixas brilhantes, uma faca polida, uma caixa vermelha brilhante – e, de maneira tradicional, cobria o brioche com uma flor perfumada.   (National Gallery of Art, Washington, DC).

    Artista da obra: Edouard Manet (francês)

    Data da obra: 1870

    Técnica: óleo sobre tela  –  Classificação:Pinturas

    Dimensões originais da obra: 65,1 x 81 cm