Edouard Manet: impressionismo

Édouard Manet

( Paris – 23/01/1832 – Paris 30/04/1883)

Édouard Manet

Pintor e artista gráfico francês e uma das figuras mais importantes da arte do século XIX, considerado por estudiosos de artes plásticas como um dos mais importantes representantes do impressionismo francês, embora muitas de suas obras possuam fortes características do realismo. Leia mais em https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89douard_Manet

Muitas vezes relacionado aos impressionistas, produziu telas com um estilo marcante, com o uso de novos temas e novas técnicas que desafiaram a sociedade da época. Leia mais em https://www.ebiografia.com/edouard_manet/

Estilo artístico:  assim como os outros artistas impressionistas, utilizou tons fortes em suas pinturas. Usou técnicas de jogos de luz e o recurso de sombras. Usou formas simplificadas em suas obras. Abordou em suas pinturas os temas da vida do período em que viveu. Leia mais em https://www.suapesquisa.com/biografias/manet.htm

 

O Bar no Foliers-Bergère, 1882, Édouard Manet, Galerias do Instituto Courtald, Londres.

– fonte: https://www.historiadasartes.com/

 

De 1862 a 1870 executou várias cenas de mesa em grande escala de peixes e frutas, das quais esta é a última e mais elaborada:

                                             O Brioche ,1870 – fonte: https://www.metmuseum.org/art/

 

http://azquadros.com.br/categoria-produto/classicos/edouard-manet/

 

Foi inspirado pela doação para o Louvre de uma pintura de um brioche de Jean Siméon Chardin, o mestre francês da vida-morta do século XVIII:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jean Siméon Chardin, “O Brioche”, 1763                                           Jean Siméon Chardin, “Uvas e romãs”

– fonte: https://www.metmuseum.org/art/                                            – fonte: https://www.metmuseum.org/art/

 

Muitas obras podem ser acessadas em https://www.metmuseum.org/ –  museu da cidade de Nova Iorque – Metropolitan Museum of Art (MET) – em https://www.metmuseum.org/art/collection/

 

                  Edouard Manet –  “Natureza morta com brioche”, 1880  – fonte: https://www.metmuseum.org/art/collection/

 

              Edouard Manet –  “Frutas sobre uma mesa”, “1864  – fonte: https://www.metmuseum.org/art/collection/

 

 

Edouard Manet, “Ostras”, 1862 – fonte: https://www.metmuseum.org/art/collection/

 

Edouard Manet, “Ainda vida com melão e pêssegos”, ca. 1866 – – fonte: https://www.metmuseum.org/art/collection/

 

Um ano depois de sua morte realizava-se uma exposição póstuma na Escola Nacional de Belas Artes, em Paris. Os críticos já não mais se dividiam a seu respeito: definitivamente o reconheciam como um dos maiores nomes da pintura de seu tempo. Para Manet, tarde demais. Leia mais em https://www.historiadasartes.com/prazer-em-conhecer/edouard-manet/

 

 

___________________________________________________________________________________________

As informações divulgadas foram reproduzidas das seguintes fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89douard_Manet

https://www.ebiografia.com/edouard_manet/

https://www.suapesquisa.com/biografias/manet.htm

https://www.historiadasartes.com/

https://www.metmuseum.org/art/collection/

Édouard Manet

___________________________________________________________________________________________

 

 

Já pensou em ter uma obra de Édouard Manet?

Conheça algumas de suas obras liberadas para reprodução

acessando nossa GALERIA AZQUADROS:

 

http://azquadros.com.br/categoria-produto/classicos/edouard-manet/